Oprofeta

Oprofeta

quinta-feira, 29 de junho de 2017

A corrupção - I


A corrupção corrompe,
Rompe a legalidade,
Violenta a verdade, mata,
Se esconde.

A corrupção mata tudo,
Mata inclusive os sonhos.
Sonhos prematuros,
Sonhos ainda não sonhados.

Morre os sonhos,
Então o medo,
Os cochichos os segredo,
Inexiste a coragem de protestar.

A corrupção elimina seus críticos,
É crítico.
Governa a desgovernança,
Alimenta-se dos sonhos da gente.

A corrupção bate, tortura, prende, mata.
Cala a gente,
Deixa os viventes com medo de viver,
Suga a força da luta, engana.

A corrupção mente dando esmolas,
Cala quando recruta a ignorância
Para lutar a sua luta de morte.
É  cruel.

Cínica, oferece o inferno
Mentindo estar oferecendo o céu.
Perversa corrupção alimenta a ignorância
para governar a desgovernaça.


                  @